Vídeos da semana

Postado por:

Olá, leitoras queridas! Tudo bem com vocês? Hoje vou postar alguns vídeos da semana que rolaram no YouTube e deram o que falar!

1) Britney Spears e Iggy Azalea apresentando Pretty Girls no Billboard Awards

Gente, tava todo mundo esperando elas subirem no palco do Billboard Awards no domingo, dia 17. Há anos Britney não fazia uma performance numa premiação. Estava tudo correndo bem, a maior expectativa rolando, e chegou o momento. Detalhe: o show não foi ao vivo, foi pré-gravado lá em Las Vegas. Eu fiquei muito chocada. Tudo bem que a Britney deve ter um contrato no Planet Hollywood proibindo-a de se apresentar em outros palcos, mas fingiram que nada estava acontecendo e eu me senti enganada. Estou pensando em ir ao Procon. Haha! Sem falar que rolaram vários comerciais na gringa falando da apresentação “ao vivo” das duas no Billboard Awards. Fora isso, foi tudo dentro do esperado: playback, figurino previsível, Britney linda, coreografia mais ou menos… mas a música é incrível e é ótimo ter a Britney de volta, do jeito que for. Haha! Quanto a Iggy, não reparei. Hehe!

2) Don’t Dream I’ts Over com Miley Cirus e Ariana Grande

Para superar o tédio causado pela performance de Pretty Girls, recomendo a versão de Don’t Dream It’s Over da Miley Cirus com a Ariana Grande. A música faz parte de uma série de vídeos divulgados na última semana pela Miley para arrecadar fundos para a fundação Happy Hippie, a qual ela apóia. Esse vídeo é super fofo, elas estão como se fosse no jardim de casa, bem descontraídas, cantando com a banda e vestindo pijaminhas divertidos. Eu achei a música “um pouco calma demais”, mas amei ver as duas juntas. Vale a pena conferir.

3) Blake, Adam, Pharrell e Christina cantando The Thrill Is Gone na final do The Voice

Gosto do Adam Lavigne e adoro Pharell Williams e Christina Aguilera, foi ótimo assisti-los juntos. Christina estava rechonchuda como tem sido e com um vestido que em nada a favoreceu, mas conseguiu deixar bem claro que estava lá para cantar muito e não para pagar de gatinha.

E vocês, gostaram dos videos? Esqueci de algum vídeo dessa semana?

Beijos,

Rafa

0

Os discos que marcaram a minha vida

Postado por:

Olá, meninas! Tudo bem com vocês? Decidi que nos próximos tempos vou falar mais no blog sobre outros assuntos além de beleza e postar fotos que não são da minha (digo, nossa rs) autoria.

Isso por três motivos:

  • A redescoberta do prazer em escrever;
  • A minha “auto-exigência” em postar somente fotos exclusivas acabava inviabilizando ou me desestimulando a falar sobre determinados temas;
  • Diversificar os assuntos do blog.

Eu já fiz isso em outros momentos, como quando eu comentei meus seriados favoritos, clique no link para conferir.

Sendo assim, dei uma olhada em algumas sugestões de posts no Rotaroots e achei essa muito a minha cara. O tema é:

Os discos que marcaram a minha vida

 Discos que marcaram Michael Jackson History  Discos que marcaram Michael Jackson History

1. History, do Michael Jackson (1995)

Poderia ser difícil escolher o disco do Michael que mais me marcou, mas não é. History não foi o primeiro CD dele que ganhei nem o primeiro que escutei. Mas, quando eu tinha 8 anos de idade (e já era fã dele) e esse álbum foi lançado fiquei maluca. Isso porque tratava-se de um álbum duplo, sendo um disco com músicas inéditas e outro uma coletânea com os maiores sucessos. E eu ainda não conhecia toda a discografia dele, mas sabia que ia gostar de cada música. E assim foi. Ganhei de presente dos meus pais e tenho ele até hoje. Fiquei tão viciada e ouvi tanto que não sei como ele não furou. Haha!

 Discos que marcaram Madonna  Discos que marcaram Madonna

2. The Immaculate Collection, da Madonna (1990)

Eu tinha mais ou menos a mesma idade (8 anos) quando já era super fã da rainha. É, gente, meu bom gosto musical apareceu desde cedo. Haha! Lembro que na época eu já acompanhava a carreira dela e fiquei muito impressionada com o show da turnê The Girlie Show, que ela fez aqui no Brasil. Na época ela lançou Something to Remember, aquela coletânea de músicas românticas, eu queria mas a minha sábia mamãe disse que The Immaculate Collection era mais legal (porque era mais dançante) e me deu de presente. Ela tinha toda razão!

 Discos que marcaram Spice Girls  Discos que marcaram Spice Girls

3. Spice, das Spice Girls (1996)

Eu tinha 11 anos na época e não consegui fugir da “modinha”. Fiquei doida pelas Spice. As primeiras festinhas foram todas embaladas ao som desse cd. Eu fazia coleção de pôsteres, figurinhas, camisetas e qualquer coisa coisa que estivesse escrito “Spice Girls”, como muitas meninas da minha geração. As músicas eram ótimas, os clipes divertidíssimos e a formação do grupo nos mostrava que poderíamos ter nossas próprias personalidades, sem ter que se encaixar em um padrão. Além disso, elas praticamente nos deram as primeiras noções do feminismo, (hahaha!) através do “girl power”.

 Discos que marcaram Mariah Carey  Discos que marcaram Mariah Carey

4. Music Box, da Mariah Carey (1992)

Na mesma fase de descoberta musical conheci esse álbum maravilhoso, que na verdade era do meu pai. Haha! Adorava (e adoro até hoje) aquelas baladas incríveis, como Hero, Anytime You Need a Friend e All I´ve Ever Wanted e ficava perplexa com a potência vocal da Mariah. Não pensem que eu desisti de um dia cantar igualzinho a ela. Hahaha!

 Discos que marcaram Britney  Discos que marcaram Britney

5. Britney, Britney Spears (2001)

Foi no terceiro álbum da Britney que ela parou de fazer a linha Sandy e eu decidi dar uma chance a ela, que na época para mim era farinha do mesmo saco que as boy bands. Haha! Resultado: me apaixonei perdidamente. Overprotected, What It´s Like to me Be, Boys… músicas ótimas com letras que tinham tudo a ver com a adolescência! Isso juntado com a beleza da Britney e sua dança no auge, era irresistível.

 Discos que marcaram Amy Winehouse  Discos que marcaram Amy Winehouse

7. Frank, Amy Winehouse (2003)

Como não amar? Um estilo completamente diferente, que nem era escutado pela nossa geração, uma voz extremamente marcante, um carisma único, letras fortes e uma personalidade meio perturbada. Gosto muito desse álbum porque Amy ainda tinha músicas leves, românticas e divertidas. Não que eu também não adore Back to Black, mas ele é muito deprê.

 Discos que marcaram Jamiroquai  Discos que marcaram Jamiroquai

8. High Times , Jamiroquai (2006)

Foi há quatro anos atrás e já estávamos na era do YouTube. Assisti ao show da banda no Rock in Rio e fiquei encantada, embora já conhecesse algumas poucas músicas. A modernidade me deu a deliciosa oportunidade de conhecer melhor a banda assistindo aos videoclipes e shows no computador. Músicas gostosas de ouvir, letras com as quais eu me identifico muito, videoclipes super produzidos e o incrível talento do Jay Kay me fizeram amar o Jamiroquai.

 Capa_de_Unorthodox_Jukebox_por_Bruno_Mars  Capa_de_Unorthodox_Jukebox_por_Bruno_Mars

9. Unorthodox Jokebox, Bruno Mars (2012)

Nessa época eu estava um tanto quanto desanimada com o cenário pop, graças a alguns artistas cujo nome não vou citar. Até o Bruno, eu achava um chorão que só reclamava da vida. Haha! Entretanto, após o lançamento do single da música Treasure, que eu amei, decidi escutá-lo com mais atenção. Descobri então um cantor e compositor maravilhoso que eu adoro! Esse álbum em especial é muito bom, acho bem melhor que o primeiro.

Esses foram os discos que mais marcaram a minha vida e eu gosto muito deles até hoje. Se você colocar pra tocar qualquer música de qualquer um dos álbuns certamente eu vou ficar super animada! Haha!

E você, teve algum disco que te marcou?

Beijos,

Rafa

0